04 outubro 2006

Audiência Pública III*

O presidente da Câmara de Vereadores de Foz do Iguaçu, Carlos Juliano Budel, abriu as portas da Casa de Leis da cidade para debater a crise do turismo em Foz. Vai ser nio dia 10 de outubro. Eu, como presidente de nada, e diretor de nada, aproveito para reforçar o convite de Carlos J. Budel para que Foz do Iguaçu venha, em peso, descobrir porque o turismo local não está rendendo os resultados.

Parabenizo o Budel por se interessar pelo turismo. Nas Notas do Turismo, ao longo de 2005, fiz uma
lista de problemas do turismo de Foz do Iguaçu, que serve também para o Brasil. Daí escrevi muito mais. Posso dizer o seguinte: o problema do turismo de Foz, ao meu ver, não são aqueles apresentados pelo Plínio Scappini do Sindetur e nem pelo Faisal Saleh do Instituto Pólo Iguassu. São mais profundos. São mais profundos. Visite o blog mais tarde ou amanhã.
* As audiências públicas I e II foram a do Iguaçu/Iguassu; e do Plano Neo-liberal do Partido do Mensalão sobre o Hotel das Cataratas.

Nenhum comentário:

Hora Mundial