31 outubro 2006

Mudar de Planeta. Já?




Dias atrás falei sobre a necessidade de encontrarmos, urgentemente, mais dois planetas para poder continuar fornecendo a humanidade o que ela precisa. Para produzir tudo que a gente precisa hoje, necessita-se 2.2 hectares de terra-global : veja quanta coisa é produzida. O problema técnico que aparece aí é que a Terra não dispõe de 2.2 hectares de terra/globo por pessoa. A nossa pobre Terra só pode oferecer 1.8 hectare de terra-global por pessoa. Os números são de pesquisa recente da WWF baseada no coceito de pegadas ecológicas. Estamos saindo caro para o Planeta. O gráfico logo acima mostra que o uso desta terra disponível é desigual. A pegada ecológica do Afeganistão é muito baixa e a dos Estados Unidos é de quase 10.5 hectares-globais por pessoa. O Brasil aparece ultrapassando as 2 hectares quer dizer além da quantidade de terra que a Terra pode oferecer. O gráfico 2, onde aparecem duas linhas, uma vermelha e outra azul mostra que ao aumentar as pegadas da "saúde do consumo" (vermelho) cai a "saúde do Planeta" (azul). É por isso que eu fico tiririca quando escuto políticos dizer que temos de crescer. Crescer para onde? Claro, podemos inchar. Isso estamos fazendo!




Todas as atividades deixam pegadas. E grandes. Interessante é que as pegadas ecológicas e as cadeias produtivas são muito parecidas - (gráfico 1). Como disse na postagem anterior, estou aguardando a revelação da Cadeia Produtiva do Turismo do Paraná para que eu possa cruzá-la com a cadeia das pegadas. Veja por exemplo a pegada ecológica da cerveja - desde os produtores de insumo, aos agricultores, atacadistas e varejistas até chegar ao consumidor e aquela festinha de arromba passando pelo transporte, gasolina, pneus, produtores de bafômetros. Não é fácil viver. A interpretação para as cores do gráfico, logo acima, aparece na esquerda. De cima para baixo representa: área construída, energia nuclear, CO2 de combustíveis fósseis, pesca, florestas, pastagens e, por último, lavouras. Pense muito quando alguém disser que alguma coisa "não afeta ao meio ambiente". Tudo afeta!


outros gráficos na reportagem da BBC




Nenhum comentário:

Hora Mundial