24 janeiro 2007

PNI ganha porteira com cadeado

Alô Brasil! Tenho uma novidade para contar e uma confissão a fazer. A novidade é que muita gente que mora em Foz do Iguaçu não conhece as Cataratas do Iguaçu. Falam de 40%, 50% dos moradores. Essa é a vergonhosa novidade. A confissão é: faz mais de um ano que eu não vou lá. Por quê? Porque não me sinto bem. E escrevendo o que estou escrevendo vai ficar pior. Isso me dói. As Cataratas do Iguaçu representam, para mim, o melhor do Planeta. Mas a burocracia e a falta de transparência me desolam.

Esta semana, ouvi um funcionário do Ibama dando uma entrevista sobre um cadeado colocado no antigo e histórico "mirante um" onde se costumava desembarcar. Não há uma plaquinha explicando o por quê do cadeado e o por quê de você ter de ficar do lado de fora da cerca. Nem uma plaquinha (cadê a sinalização padrão DIREC que o Plano de Manejo pede,roga,sugere,implora?). E a entrevista foi dada na mesma semana em que jornalistas de todo o Brasil e exterior, repercutiram notícia do Ministério do meio Ambiente (MMA) de que o Parque Nacional do Iguaçu vai ganhar a certificação ambiental ISO 14001 até setembro. Mas como?

No caso da desculpa do cadeado, o funcionário, que é chefe de alguma coisa, Apolônio Nelson Rodrigues, disse que não havia nada errado. Era ordem do Plano de Manejo. Quer fazer um teste? Fale de Plano de Manejo e o povo de Foz do Iguaçu emudece. Ninguém sabe nada. E quem fala diz besteira do tipo: o Plano de Manejo tem de ser modificado. E o Apolônio que poderia explicar melhor a situação, preferiu permanecer numa atitude arrogante e dizer “trabalhar dentro de um UC é muito dinâmico, é preciso adaptar-se”. (As palavras não estão ipsis litteris).

Graças ao Apolônio e sua resposta eu coloquei o banner, na coluna do lado, da Transparência Brasil. Por que o povo do PNI é tão fechado? Por que não dizer que o Plano de Manejo realmente pediu uma mudança na qual o "mirante um", aquele com cadeado deixa de ser "mirante um". O "mirante um" agora funciona onde uma vez ficava um dos heliportos que a área de visitação (catastroficamente) já teve. Por que não transparecer? E que negócio é esse de ISO 14001? Um projeto para a adoção de um SGA (Sistema de Gerenciamento Ambiental) que leva ao ISO 14001 foi feito para o Parque Nacional da Tijuca (Rio de Janeiro) e o estudo foi publicado na internet. Tal projeto diz que tudo foi discutido com os interessados, entre eles, as 18 operadoras interessadas no PN Tijuca.

Então, como, em Foz do Iguaçu, o Parque anuncia o ISO 14001, sem ter discutido com os interessados o que inclui o conjunto da sociedade com um grande número de atores, que inclui Foz do Iguaçu e os municípios lindeiros? Anunciou o ovo sem ter galinha? Transparência Iguaçu – Já! Amanhã, continuaremos sobre as Cataratas, Parques Nacionais Iguaçu/Iguazú etc, falta de transparência e outros problemas.

Matérias relacionadas
Arquitetura do PNI
Urbanização das Cataratas

Nenhum comentário:

Hora Mundial