12 dezembro 2008

Monumento à aventura



Lá, bem próximo do local onde a Rua Luiza Wandscheer se encontra com a Avenida Felipe Wandscheer ou Estrada Velha de Guarapuava, segundo o nome antigo e mais local, o Macuco Safari e a Empresa Ecoaventura ergueream um monumento, como se vê na foto, à aventura. Uma placa diz: "Aqui começa a Aventura".

Gostei muito da idéia da estátua. A princípio pensei que fosse um monumento militar ou no mínimo dos ativos escoteiros ou ainda dos destemidos desbravadores adventistas. Mas chegando perto, notei que é um convite à aventura ao mesmo tempo que honra o fato de Foz do Iguaçu e seu turismo não ter esquecido que aventura ainda existe e que quando ela acabar, junte as trouxas, porque o mundo acabou também.

Esta "avenida" foi a antiga "rodovia" "cavalovia", "jeguevia", que ligava Foz do Iguaçu a Guarapuava. Não esqueça que na épopca Guarapuava era Foz do Iguaçu. Ou seja, Foz do Iguaçu era dependente de Guarapuava. Segundo a genealogia das cidades, Guarapuava gerou Foz (1914). Foz também é mãe de outras tantas cidades entre elas Cascavel - liberada em 1959 e Guaíra (1929).

A aventura sem dúvida está aqui. Há um projeto de uma trilha do Parque Nacional do Iguaçu entre Foz do Iguaçu e Céu Azul. Seria interessante saber como anda este projeto. Por enquanto, parabéns ao Macuco e Ecoaventura. E antes de dizer adeus, destaco que a estátua é assinada pelo artista iguaçuense Giovanni Vissotto que tem outras estátuas na cidade entre elas a do São Francisco de Assis do bairro iguaçuense do Morumbi, na região do Sâo Francisco.
Este material também foi públicado no Blog de Foz

Nenhum comentário:

Hora Mundial