15 julho 2009

Circuito Sabiá de Turismo Rural na Agricultura Familiar em Matelândia, Paraná






Fotos atuais 1) Neca GRassi e Aline da Naipu Travel, Foz; 2) Alfeu Grassi, 3) Zilda Bozio, com Roberto Lolis da Emater em segundo plano 4) Zilmar Bozio, artesão, agricultor, condutor oficial do circuito, 5) Lourdes Petsch e Olinto Suzin (passando atrás) casal teuto-ítalo-brasileiro da Pousada do Nono


O Turismo Rural na Agricultura Familiar (TRAF) é um programa do governo federal. Deixe-me acrescentar o seguinte: o governo do presidente Lula ganhou ponto com a comunidade alternativa do estilo "Porto Alegre - Um outro Mundo é Possível"
quando criou o Ministério do Desenvolvimento Agrário que cuida da agricultura de produção familiar, aquela que produz comida. A agricultura da exportação que produz dólares e divisas foi deixada nas mãos do Ministério do Agronegócio ou, oficialmente, o Ministério da Agricultura.

Dentro desse Ministério do Desenvolvimento Agrário foi criada a Secretaria Nacional da Agricultura familiar. Aquela que trata dos interesses do agricultor familiar que o Brasil ainda tem muitos. Para incventivar a geração de renda extra na “agricultura familiar”, foi pensado o TRAF. No Paraná, o TRAF tem até lei. É a Lei número 15.143 de 2006.

As fotos que aparecem aqui registram a visita de operadores de receptivo de Foz do Iguaçu associados ATRIF - Associação de Turismo Receptivo Internacional de Foz do Iguaçu, um famtur à Matelândia, 80 quilômetros a Leste de Foz do Iguaçu seguindo a BR 277. Nesta postagem apresento os atores do Circuito Sabiá (a internet está lenta, volto logo com mais). Continue acompanhando as postagens posteriores.

Nenhum comentário:

Hora Mundial