05 outubro 2006

Turismo da CAN

Parece que, em matéria de turismo, a Comunidade Andina (CAN) acaba de dar um show no turismo do Mercosul. A foto acima é do Site Oficial do Turismo da Comunidade Andina. O site divulga o turismo da Comunidade de forma conjunta. Apresenta as Rotas Turísticas da Comunidade: Cidades Coloniais, Rotas Arqueológicas, Parques Nacionais, Alturas Andinas, Sol e Praia, Expressões Culturais, Museus e, como se fosse pouco, ainda oferece uma rota chamada "o máximo" que apresenta verdadeiras rotas segmentadas nos cinco países.
Fiquei de queixo caído até porque, morei na Comunidade Andina alguns tempos e participei na elaboração do turismo em várias regiões e, na época, me parecia que a Comunidade Andina (então somente Pacto Andino) estava muito mais lenta que nós, por aqui. Paguei a língua!
Impressionado com o avanço, não posso deixar de exaltar a inteligência dos órgãos de turismo da região que conseguiu fazer, por exemplo, um calendário de eventos de interesse turístico da CAN. Tudo o que foi feito aconteceu em cumprimento da Decisão 463 que criou o Comitê Andino de Autoridades de Turismo - CAATUR, para tornar realidade esta integração do turismo regional.
O CAATUR seria equivalente a RET (Reunião Especializada de Turismo do Mercosul) - órgão oficial do turismo do Mercosul que, além de ficar dois anos sem reunir-se, prossegue os trabalhos a passos lentos. O Mercosul não conseguiu implementar,de verdade, nenhum "produto integrado" até hoje. Nem o Pólo Internacional Turístico do Iguaçu /Iguazú instituído e aprovado pela Resolução GMC 41/97. A Ata da primeira RET apontava para a integração do turismo no Mercosul.
Já imaginou um site de turismo integrado do Mercosul? Com todos os Parques Nacionais do Mercosul? Museus do Mercosul? Arqueologia do Mercosul? Seria muito bom.

Nenhum comentário:

Hora Mundial