26 janeiro 2007

Competição domiciliar

Deu no Misiones on line: a Associação de Hoteleiros e Gastronômicos de Puerto Iguazú está preocupada com a opção de turistas se hospedarem em casas de família para economizar hotel e restaurantes. A associação chegoiu a escrever para a Câmara de Vereadores - chamada em espanhol de "Concejo Deliberante" para afirmar a preocuçação com a venda indiscriminada de alternativas de hospedagem. A entidade chama a estas "altwrnativas" de párticas comerciais n-ao autorizadas.

Oficialmente se informou que a Prefeitura ou o órgão de turismo da cidade não estaria habilitando casas para hospedagem até porque há vagas em hotéis e de todo o tipo de categorias. A ocupação hoteleira está na faixa dos 80%. Assim, e isso digo eu, ainda tem 20% para explorar. Parece que os vereadores tinham anunciado que iriam apresentar um projeto para regularizar hospedagem em casas de família.

Opinião do Notas do Turismo:

Gente, que dor de cabeça para Puerto Iguazú! A oferta de hospedagem lá está crescendo e muito. A questão de casas de família receber gente é muito válida. Que idéia para Foz do Iguaçu e muitas cidades no Brasil afora. Se organizada, a hospedagem em casa de família pode ser uma ótima saída para muita gente tanto quem oerece a casa como para quem é hospedado. Nos Estados Unidos, Inglaterra, Austrália, Europa há programas de hospedagem assim e são chamados de "Home stay". As vantagens de ficar com uma família são muitas: se aprende a cultura, idioma, valores locais e muito mais. Galera iguazuense! Vá em frente - não ligue para os homens da Associação não! Eles choram, muito.

Nenhum comentário:

Hora Mundial