29 maio 2007

Danças de cadeiras e outros fantasmas

"Nada distrai a atenção quando a dança das cadeiras, o excesso de amenidades recebem mais prioridade que o bem comum" - frase da professora Silvia Thomazzi (Turismo Unieste / Foz do Iguaçu) em sua coluna semanal no jornal A Gazeta do Iguaçu. A frase é muito apropriada quer seja no contexto "iguaçuense" ou no contexto nacional.

I

O Notas do Turismo está "tansmitindo" de outras praias que não a iguaçuense. Estamos lonje da Terra das Cataratas. Mas pegando carona na citação acima, destaco que não só existe dança de cadeiras mas tamnbém mudanças de nomes de programas que não deixam de impressionar. Estou impressionado com o sumiço do mapa do nome "Secretaria Extraordinária Rio+15. Hoje, além do nome ter sumido do site oficial de Foz do Iguaçu, a Rio+15 deu lugar a uma EcoFoz - uma secretaria extraordinária criadada especificamente para o evento EcoFoz 2008. Ou seja uma Rio+16.

O melhor que a cidade poderia ter feito era nunca ter criado a tal secretaria da dança de cadeiras. Agora, o melhor que poderia se feito é extinguir o que restou dela. Isto é extinguir a Secretaria EcoFoz. Não digo acabar com o evento. O evento poderia ser feito assim como são realizados tantos outros como a Fartal, a Fernatec, a ExpoOeste e outros eventos sem ptrecisarem ser secretarias.

II

O Notas do Turismo passou o dia hoje visitando dois estabelecimentos importantes de Curitiba. Logo começaremos a atualizar o site com mais freqüência e qualidade.


III

O nome é Boutique Solidária - a primeira loja solidária do Sul do Brasil. E o que ela faz? Ela acredita no "comércio justo", na "economia solidária" e na falicitação de benefícios para artesões, jovens, idosos, portadores de necessidades especiais, indígenas de comunidades, cooperativas e projetos de todo o Brasil. Descoibri a loja em Curitiba. O site é este AQUI e fica no Shopping Estação. São ações como esta que fazem a diferença.

Nenhum comentário:

Hora Mundial