15 junho 2007

Tendências no Mercado

Está havendo algumas mudanças interessantes no comportamento do mercado. A revista Newsweek publicou recentemente um artigo de capa sobre o assunto.

Entre as grandes mudanças estão o comportamento de pessoas de países considerados novos e grandes emissores. Leia-se China, Rússia e Índia. Não faz muito tempo, quando os russos começaram a viajar, assistimos a aparição de um interesse enorme pelo idioma russo. Especialmente entre os guias de turismo, pessoal hoteleiro e outros que necessitam entrar em contato com o turista. O mesmo aconteceu com o chinês – e ainda está acontecendo porque a fantasia chinesa abrange outros campos da economia.

Uma tendência é que tanto chineses como russos estão preferindo ficar em casa. No caso dos russos, ficar em casa, significa evitar abusos da burocracia, de consulados, da diplomacia, dos vistos para lugares que antes eles iam tranqüilamente como é o caso da Romênia, do Chipre e até da Bulgária.

A revista destaca que há hoje 320 mil milionários na China que juntos somam uma fortuna de 1.6 trilhão de dólares. Os abastados chineses gastam até 20 mil por casal por viagem interna. Os russos também têm seus milionários e a Índia calcua que até 2010 haverá 65 milhões de indianos ricos viajando em casa.

O resultado é o aumento de investimentos em hotéis de luxo nesses países. Os investimentos pipocam da Sibéria até o Tibete. Do Rajastão ao Himalaia. NO Tibete, em Lhasa uma nova linha de trem traz chineses ricos para gastar - direitos humanos e invasão do Tibete à parte. Só para ilustrar, a China no ano passado a Feira de Turismo de Luxo e vai realizá-lo este ano, de novo. Em novembro. Dê uma espiada no site para ver que expôs. Quer dizer quem está na jogada. Bom já vou. Foi só para não perder a prática.

Nenhum comentário:

Hora Mundial