07 fevereiro 2012

Foz vai ganhar 107 abrigos de ônibus em corredores turísticos

A verba para a instalação de 107 novos abrigos em pontos de ônibus nos corredores turísticos de Foz do Iguaçu já está garantida. Ela pode ser conferida aqui no Portal da Transparência. O Governo Federal por meio do Ministério do Turismo e Caixa Econômica Federal vai investir R$ 780 mil no projeto que terá uma contrapartida de R$ 67.827 da Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu. Segundo o Portal, além da instalação de abrigos de ônibus nas vias que formam o corredor turístico do município, a verba cobrirá também a colocação de placas de orientação turística no Terminal de Transporte Urbano (TTU) que também será restaurado pelo Consórcio Sorriso como compromisso apos ter sido autorizado o aumento da passagem urbana.

Segundo a diretora de desenvolvimento do Turismo da Secretaria de Turismo de Foz do Iguaçu, Rosa Maria Corbari Maccali, os novos abrigos serão colocados nos principais corredores turísticos de Foz do Iguaçu. “Dizemos principais no sentido de serem aqueles por onde os turistas efetivamente passam quando se dirigem aos atrativos da cidade”, explicou a professora. O motivo da explicação é que segundo a Lei 2262 de novembro de 1999 que instituiu corredores turísticos, Foz do Iguaçu tem 17 corredores turísticos.


Porém o projeto de novos abrigos de ônibus aprovado pelo Governo Federal, não beneficiará a Rodovia das Cataratas ou seja a BR-469 mas sim a Avenida das Cataratas, que vai do trevo do Mboici até o Trevo da Argentina (Foto). O trecho entre o trevo de acesso à Argentina e a entrada do Parque Nacional do Iguaçu vai ficar fora da lista de corredores por ser uma área federal. O croqui oficial dos abrigos não foi divulgado ainda. O projeto original dos novos abrigos foi realizado pela equipe de engenharia do Foztrans a cargo da engenheira Priscila Mantovani. Segundo a engenheira, o plano pode sofrer mudanças por isso não foi divulgado ainda para evitar especulações. Parece que o plano será mostrado primeiro a lideranças diversas de Foz em reunião do COMTUR, em breve. Contudo já se sabe que os abrigos terão painéis com mapas do sistema de transporte coletivo.



Padrão – O projeto de restauração da BR-469 (Rodovia das Cataratas) que inclui melhora no asfalto, no acesso ao Aeroporto, construção de recuos para os ônibus financiado pelo Ministério dos Transportes trouxe atrelado um outro projeto de abrigos de ônibus que não combinam com o projeto do Ministério do Turismo em parceria com a Caixa Econômica Federal. Os abrigos que fazem parte da revitalização da BR-469, são considerados acanhados e até cafona pelos usuários locais. Segundo a professora Rosa Maria, existe preocupação quanto à padronização dos abrigos e outras estruturas segundo o conceito de corredor de turístico. “Existe intenção de tratativa com o DNIT quanto à reforma da BR-469 para que encontremos um denominador comum e que possamos manter nesse corredor a mesma qualidade dos outros corredores da cidade”, disse a diretora de desenvolvimento do turismo do município (Foto 2 - projeto municipal anterior de ponto de ônibus e ciclovia com mapa indicatico de regiões turísticas da cidade. Esse projeto foi abandonado?).





































Nenhum comentário:

Hora Mundial