30 setembro 2013

Paraná celebra Dia do Turismo extinguindo Secretaria



O Governador do Paraná, Beto Richa anunciou no Dia Mundial do Turismo, 27  que a Secretaria de Estado do Turismo (SETUR) foi extinta junto com outras três secretarias estaduais. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (27), dia em que mais de 150 países celebraram o Dia Mundial do Turismo. Além da SETUR, constam na lista de extinção do Governo,  as secretarias do Controle Interno, da Corregedoria e Ouvidoria e a SECOPA – Secretaria Especial para Assuntos da Copa 2014.  

As secretarias que deixarão de existir terão suas funções assumidas por outras secretarias ou sofrerão fusão. A Secretaria de Estado de Turismo, por exemplo, será incorporada pela Secretaria da Cultura. O nome da futura secretaria será Secretaria de Estado da Cultura e do Turismo. No setor do turismo a notícia foi recebida com estranheza. O ex-secretário de turismo do Paraná, Faisal Saleh lamentou o que ele classificou como falta de visão sobre a importância estratégica do setor. “Fico mais triste ainda com o descuido de anunciar isto no dia mundial do turismo”, lamentou.

O presidente do COMTUR de Foz do Iguaçu Paulo Angeli classificou a notícia quanto à extinção da SETUR como um retrocesso para o turismo que é a  atividade econômica que mais cresce no mundo e que na maioria dos governos está sendo uma prioridade. “É uma  lástima que no Paraná seja considerada desta forma. É uma noticia que recebemos com tristeza”, disse. Segundo Angeli faltou entender que o turismo é negócio, é  gerador de emprego e renda. “É evidente que estaremos na contra mão da geração de emprego”, finalizou. 

Segundo o anúncio, ainda, as funções da Secretaria Especial para Assuntos da Copa 2014 serão assumidas pela Secretaria de Esportes.  Outro anúncio na área do turismo é o fim da Ecoparaná que passará a se chamar Paraná Projetos além de sair do âmbito do turismo e passar para a Secretaria de Planejamento. O fim das secretarias é parte de um pacote que determinou ainda a extinção de 1.000 cargos em comissão. Os cortes, segundo a assessoria de imprensa do governador, “fazem parte da primeira fase de uma série de medidas determinadas pelo governador para contenção de gastos e modernização na gestão do Estado”.

 

Nenhum comentário:

Hora Mundial