10 dezembro 2006

De tudo um pouco

E a aprovação pela Comissão de Turismo e Desporto do Projeto de Lei 6906/02, do Senado, que regulamenta a profissão de turismólogo? Ótima notícia. Há poucos dias me inquiietação me levou a escrever as notas "para que servem os turismólogos?". Bem a noticia esrtpa dada. Agora é necessário acompanhar o processo, divulgar tudo o que acontece sobre o processo. É preciso que turismólogos, professores de universidade na área de turismo saiam das tocas e levem a mensagem ao público. Quer começar? mande umn e-mail para o notastur@gmail.com.


Na semana passada quando falei de turismólogos, mencionei algo também sobre topofilia, o tópico e o típico. Hoje enciontrei um texto que descreve o livro "Ensino De Geografia: Práticas E Textualizações No Cotidiano" do professor Antônio Carlos Castrogiovanni. Entre outras coisas o texto me levou a entender que existe "analfabetos geográficos". E que "muitos dos professores que atuam nas séries iniciais não foram alfabetizados em Geografia...". É para que se estuda geografia? Creio que a topofilia vem da alfabetização geográfica. Daí eu desconfiar que o brasikleiro, em sua grande maioria não só anda mal das pernas, como, me parece ser, um extra-terrestre.

Ainda sobre a falta de alfabetização geográfica e etc, um rapazinho esbravejou que odiava americanos porque eles são ignorantes. Ele lembrou que a maioria dos americanos não sabem onde fica o Rio de Janeiro. Daí eu perguntei ao rapaz: e onde fica Tegucigalpa? E Chichicastenango? Não podemos falar do outros se não soubermos onde ficam Roatan, Bimini, Tarapacá, Chiclayo, Taboada e Concepción.

E onde você vai passar o Natal? O Révèillon? O ano novo? Tudo de bom para você e muita Paz!

Nenhum comentário:

Hora Mundial