05 janeiro 2008

La Aripuca também na Alemanha

A Arapuca

Para obter mais informação sobre a Arapauca (La Aripuca em espanhol) basta ir ao site oficial do empreendimento idealizado pelo argentino de descendência alemã Otto Weidelich e família. La Aripuca está localizada em Puerto Iguazú, Misiones, mas tanto família como a idéia da Aripuca veio de uma pequena localidade ainda hoje chamada de “Colônia” Andresito (ver nota “uma linha muito especial”) a que se chega por uma estrada que corta parte do Parque Nacional Iguazú.

O que eu quer dizer sobre a La Aripuca, do meu jeito, é que a Arapuca é a única obra arquitetônica local reproduzida em outro país. Em janeiro de 2000, o Jardim das Palmeiras (Palmgarten) de Frankfurt, inaugurou uma réplica da Arapuca argentina ou melhor da Arapuca da Tri-Fron. O evento foi cheio de cerimônia. Estava presente o ministro do meio Ambiente alemão, Karlheinz Weimar e executivos da empresa GWH (www.gwh.de) no jardim botânico de Frankfurt conhecido como Palmengarten. A idéia de replicar a Arapuca na Alemanha foi de Matthias Jenny, chefe do Palmengarten que veio a Tri-Fon como turista. A réplica alemã foi assinada pelo arquiteto Martin Leppert e foi financiada pela GWH.

O espírito da Aripuca segundo entrevista da época é original de Otto Weidelich. Usar a Arapuca como um símbolo de preservação da natureza e com ela capturar a atenção e sensiblidade de pessoas de todo o mundo. A Arapuca encontra-se logo após cruzar-se a Ponte Internacional da Fraternidade, Brasil-Argentina. Seguindo a Avenida Victória Aguirre, passando o trevo, seguindo como se fosse para o Aeropuerto Internacionnal de Iguazú e Cataratas. Logo após o Posto de Combustível do ACA (Automóvil Club Argentino) e do Hotel Cataratas.

Fonte: GWV – Magazin - Leben & wohnen: “Ein Baumhaus für den Palmgarten”

Nenhum comentário:

Hora Mundial