05 janeiro 2008

Mais sobre o CEAEC

CEAEC – Centros de Altos Estudos da Conscienciologia
Postagem II

Uma das ferramentas mais importantes e que me diverte muito na literatura do CEAEC são os neologismos. Palavras novas, sem vícios, que servem para descrever coisas antigas e ajuda a manter uma certa distância de vícios do falar.

Acima, dissemos que você é uma consciência. Lembra? No neologismo do IIP / CEAEC, se você está vivo, você é uma consciência intrafísica (Conscin). Se você não está mais no Planeta ou ainda não veio para ele, você é uma consciência extrafísica (Consciex). Assim se evita palavras como “alma”, “espírito” que assusta a muita gente.

O “pensamento”, os “sentimentos” e as “energias” suas e de outra pessoa (conscin ou consciex) influenciam a vida. Assim temos que cuidar do trio, acima. Neologisticamente, o trio passa a ser “pensene”. Cada cidade tem um “pensene”, cada país tem um pensene. Cada um de nós tem o seu “pensene”. Cada pessoa tem seu pensene. Você já tentou entender como funciona a cabeça do machista? Talvez você goste de saber que o “pensene”! típico de homem machão se chama (andropensene). Casal, homem mulher, lá se chama “Dupla Evolutiva”. Muitos dos nossos casamentos significam uma dupla unida para desandar. O CEAEC tem cursos para as duplas. Cnfira!


Falando assim, parece que estamos usando alguma língua estranha. O CEAEC está empenhado em construir em Foz do Iguaçu uma “cognópolis” consciencial (Cogno = conhecimento / Polis = cidade). Foz do Iguaçu é um “balneário energético”. O ideal é que você se mantenha “desperto” (desassediado permanente total), se ligue na existência de “pensenes” e comece a abrir a cabeça.

O endereço do Campus CEAEC no bairro Tamanduazinho (nome de um rio, afluente do rio Tamqanduá que é afluente do Iguaçu) é Rua da Cosmoética. Ora, o mundo ainda não entendeu a ética e já se propõe uma ética que vale em todo o cosmo – ou universo - cosmoética. Você vê? Na redondeza da Rua da Cosmoética, Região Rural Sul de Foz, aparecem dois empreendimentos imobiliários. Um se chama “Condomínio Residencial Conscienciológico Campo dos Sonhos” e o outro se chama “Condomínio Horizontal Fechado Serenologia”. Aí está mais uma palavra. Não tem nada ver com sereno da madrugada. A cognópolis começou. Uma curiosidade: no lado argentino da fronteira, guarda noturno, ou vigias são chamados de “sereno”. Assim não confunda. Eu nunca disse que falar na Tri-Fon fosse fácil.

Nenhum comentário:

Hora Mundial