20 julho 2008

Ainda sobre o Seminário






Fotos
1) Ana Clévia Guerreiro de Lima, do MTur (de pé), conversa com Laura Monteiro da Fundação Getulio Vargas. Fico devendo o nome do rapaz no computador...
2) Cristiane Rezende, da Fundação Getulio Vargas
3) Um dos grupos de trabalho, destaque para o presidente do COMTUR-Foz do Iguaçu, Paulo Angeli
4) Outros dos cinco grupos de trabalho em operação

Coloco aqui quatro das melhores fotos que consegui registrar (e imaginem se fossem as piores) do Seminário que trouxe os resultados da Pesquisa relativa a Foz do Iguaçu e parte do Estudo dos 65 Destinos Indutores do Desenvolvimento Turístico Regional. Já posto as legendas identificando as fotos.

Só adianto que o presidente do COMTUR de Foz do Iguaçu Paulo Angeli, me disse rapidamente que a reação algo negativa de Foz do Iguaçu aos resultados tem explicação. Ele destacou que os números estavam bons demais. E se estão bons por que melhorar? É isso o que se temia. Por que o Gonverno investiria mais se já está bom.

Só para ilustrar, Foz do Iguaçu ficou acima da média nacional na dimensão "Segurança" para o desepero dos participantes que consideram a segurança em Foz do Iguaçu como uma pedra no sapato. Porém, no segundo dia do Seminário, os presentes, discutindo o assunto e participando das atividades entenderam, que a situação é séria. Foz está em boa colocação em um país onde os indicadores estão lá em baixo. Veja a segurança no Rio de Janeiro, como exemplo. Ser bom entre os ruins não é consolo. Foi isso o que entendi.


Volte a esta postagem. Ainda deverei colocar um link (enlace) para uma entrevista em áudio que fiz com a coordenadora nacional do Programa de Regionalização do Turismo.

Nenhum comentário:

Hora Mundial