08 junho 2014

Mabu Foz lança Praia Termal em jantar do Feijão Amigo


Lançamento da Praia Termal durante Jantar do Feijão Amigo

O Mabu Thermas Grand Resort de Foz do Iguaçu, recebeu na quinta-feira, 5 de junho cera de 700 convidados que participavam no 9° Festival de Turismo para um jantar do Clube do Feijão Amigo. O evento aconteceu no hotel pelo quarto ano consecutivo. Entre os convidados estavam autoridades, agentes de viagens, empresários da área de turismo e jornalistas especializados além de participantes do Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu. Segundo o presidente do conselho de administração do Grupo Mabu, Alberto Abujamra, a atração do evento foi a apresentação do projeto “Praia Termal”, cuja  expectativa é que seja concluído em dezembro deste ano. “A praia termal está sendo construída pra criar a ambientação de litoral no hotel e também incrementar as opções de diversão. Com o aumento do número de apartamentos de 208 para 362 unidades em 2012, percebemos a necessidade de oferecer um espaço ainda maior para a diversão”, explica.

Considerada uma verdadeira praia do interior, esse projeto diferenciado representa a terceira fase do plano diretor do Mabu Thermas Grand Resort, que teve início em 2011. Em junho de 2012 foi entregue a primeira fase do plano, que resultou no “Mabu Tropical Resort”, um novo hotel com mais 154 unidades - entre apartamentos e suítes. A segunda etapa, iniciada e concluída em 2013, resultou em um retrofit (processo de adaptação tecnológica) em 208 apartamentos para seguir a identidade visual das unidades entregues em 2012.

Praia termal -  Segundo o engenheiro da Rede Mabu Hotéis & Resorts, responsável pela obra da praia termal, Edson Itiro Tsuzaki, a intenção foi reproduzir ao máximo a característica paisagística de uma região praiana. “Serão moldadas pedras artificiais em todo perímetro da praia. O revestimento será em material poliuréia, cor areia, buscando a similaridade com uma praia real”, conta o engenheiro. 

A atração terá 4.500 metros quadrados em sua estrutura e contará com um investimento de R$ 15 milhões. Entre os diferenciais da praia artificial estão as águas termais, com temperaturas semelhantes à do corpo (36 ºC), que emergem de forma natural, sendo provenientes do aquífero Guarani. “A alta temperatura da água se deve à profundidade do aquífero, com alta classificação devido a sua composição mineral”, conta Tsuzaki. 

Assim como ocorre nas piscinas do resort, a temperatura da água na praia artificial também garantirá um banho agradável em qualquer época do ano. O engenheiro destaca também que a temperatura se manterá constante em todo o empreendimento, devido à característica de água corrente vinda diretamente da fonte termal.   

Nenhum comentário:

Hora Mundial