27 novembro 2014

Sindhotéis aposta na continuidade da integração do turismo em Foz

* Carlos Silva

O resultado da eleição presidencial renova a perspectiva de mais avanços para Foz do Iguaçu nos assuntos ligados ao governo federal. O ciclo iniciado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva continuou no primeiro mandato de Dilma Rousseff, que deve ser mantido agora na segunda gestão da presidente. 

A expectativa recai sobre a manutenção dos interlocutores do Palácio do Planalto com a sociedade. Sabemos que a maior parte dos investimentos recebidos de Brasília é decorrente do trabalho do iguaçuense Jorge Samek no comando da Itaipu Binacional, acompanhado de toda sua equipe técnica. 

O fortalecimento do turismo é prova dessa sinergia. A contribuição de Gilmar Piolla frente à Divisão de Comunicação Social é um marco nas relações da usina com a comunidade. Durante o seu trabalho, o jornalista tem ampliado as ações da superintendência para além das demandas técnicas, abraçando os objetivos do principal segmento da economia iguaçuense. 

Vale destacar nessa conquista a gestão integrada do turismo, com a união de forças políticas e empresariais, bem como a criação do Fundo Iguaçu, o Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística do Iguaçu. Essas ferramentas viabilizaram, entre outras ações, quatro campanhas de marketing: “Foz do Iguaçu Destino do Mundo”, “Temporada Boa em Foz”, “Vote Cataratas” e “Foz do Iguaçu – Bem-Vindo ao Inesquecível”. 

As conquistas a partir da “nova imagem” de Foz são inúmeras, a começar pelos sucessivos recordes de turistas, agenda positiva, mídia espontânea, calendário de eventos, plano de marketing, projetos estruturantes e união entre poder público e iniciativa privada. A cidade comemora ainda o polo de conhecimento (impulsionado pela Unila), o parque hoteleiro em expansão e a infraestrutura para sediar eventos. 

A Itaipu Binacional tem participação em outras ações em andamento, como a ampliação do aeroporto, segunda ponte entre Brasil e Paraguai, reforma da Ponte da Amizade, revitalização do Espaço das Américas e do Marco das Três Fronteiras, duplicação da BR-469, viabilização do Beira Foz, construção do Mercado Municipal, revitalização de praças urbanas, entre outras. 

Queremos a manutenção dessas conquistas e também queremos avançar nos projetos que dependem diretamente da participação do governo federal. É importante a sociedade civil organizada manter um diálogo ativo com o Palácio do Planalto. O bom nisso tudo é que já conhecemos os caminhos e os atores para mantermos essa sinergia. Vida longa à integração!

Carlos Silva é presidente do Sindhotéis e vice-presidente do Fundo Iguaçu. Empresário dos setores de hotelaria, gastronomia e entretenimento, pós-graduado em Turismo e Hotelaria, MBA Internacional/UDC/Toulouse

Nenhum comentário:

Hora Mundial